Como já mencionamos anteriormente, as métricas das mídias sociais, e as ferramentas que você tem à disposição para analisá-las, são extremamente importantes para o seu negócio.

 

Isto porque, na hora de vender um produto ou promover uma ideia, a grande realidade é que a opinião e a percepção de seu público alvo são mais importantes do que aquilo que você mesmo pensa. Afinal, não conseguimos ser totalmente imparciais com aquilo que nós fazemos.

 

As métricas, nesse contexto, são de enorme utilidade, pois lhe dirão as verdadeiras opiniões de seu público, facilitando a tomada de decisões da sua marca.

 

Assim, identificar o “sentimento” dos usuários é muito mais do que saber se estão falando da sua marca ou não. Trata-se de saber o que eles estão falando, como avaliam o produto e como veem a atuação da marca nas mídias sociais. Será que sua marca está sendo considerada inovadora? Diferente? Ou simplesmente “mais do mesmo” e com imagem pública desgastada? Saber essas informações pode não ser fácil para o dono de um negócio, mas são cruciais.

 

Uma das maneiras mais esclarecedoras de analisar as métricas é identificando os extremos. O porquê de certas pessoas amarem fielmente sua marca, e outras a criticarem a todo momento. Descartando quaisquer tipos de “trolls” nesse meio, é interessante identificar as suas maiores virtudes e defeitos por esta perspectiva, para que seja possível saber onde se deve investir mais, e quais atitudes devem ser abandonadas.

 

Fique de olho nos concorrentes!

Diz o ensinamento popular que devemos “aprender com os erros dos outros”. Ora, as métricas também podem ser utilizadas na análise de desempenho de seus principais concorrentes. Desta forma, será muito mais fácil aprender com os erros deles sem passar pelo processo de tentativa e erro.

 

Aqui, também vale a dica de analisar os extremos. Quais características estão afundando seus concorrentes e te dando uma chance de tomar mais espaço de mercado? O que eles estão fazendo certo que pode ser cabível também na sua empresa?

 

Observando a concorrência, seu produto poderá ser mais completo e presente em seu ramo. Mas é importante manter a originalidade de sua marca e definir quais estratégias dos seus concorrentes são ou não são adequadas para o seu enfoque.

 

Atenção para as tendências

As mídias sociais, nos dias de hoje, são movidas a tendências. De forma ainda mais dinâmica que itens de moda, a internet é repleta de conteúdo que aparece, viraliza e desaparece em questão de poucos dias.

 

Utilizar as métricas de suas redes sociais para identificar quais “ondas” e “tendências” sua marca deve explorar é fundamental para seu negócio se manter em cena.

 

Basicamente, qualquer conteúdo que, por estar em alta e ter ganhado muita visibilidade em pouco tempo, possa ser utilizado como base para postagens, campanhas ou posicionamentos.

 

Dito isso, fique sempre atento a:

  • Eventos de grande destaque (p. ex.: estreia de séries, premiações, finais de campeonatos, etc.)
  • Notícias, entrevistas e conteúdo jornalístico em geral que estiver sendo muito debatido e reproduzido;
  • Vídeos, imagens e “memes” que estão muito populares;
  • Novos produtos, jogos ou serviços que tenham aparecido – ou até mesmo que nem existem, mas as pessoas têm necessidade e desejo.

 

Lembre-se, da mesma forma que vemos as tendências aparecerem rapidamente, elas também desaparecem e são esquecidas com facilidade, o que significa que é essencial ter muita atenção para o “timing” correto em agir. Se for tarde demais e a tendência já estiver desgastada, o resultado pode acabar sendo negativo.

 

Foto de Mitchel Boot em Unsplash

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *