Tags e Categorias são dois dos recursos mais poderosos da Brandwatch, pois permitem a você mapear e filtrar seus dados das maneiras mais interessantes e que façam mais sentido. É justamente por isso que muitos de nossos clientes utilizam a Categorização e o Tagueamento para segmentar seus dados.

 

Mas os novos clientes muitas vezes ficam confusos entre as duas formas de segmentação. Quando você deve usar Tags ou Categorias? Qual a diferença?

Diferença entre Tags e Categorias

Por que você deveria usar Tags e Categorias?

 

Com a Brandwatch, você pode taguear e categorizar quantas menções quiser em quantos compartimentos quiser. Você pode segmentar as informações uma a uma, em massa ou utilizando Regras. Muitos de nossos clientes utilizam essas ferramentas para filtrar as menções recebidas em rótulos específicos, de acordo com que equipes aquela menção se encaixa melhor, como: community manager, atendimento ao cliente, feedback de produtos, solicitações de imprensa e assim por diante.

tags e categorias

Tags e Categorias

 

Aqui está um exemplo do uso de Categorias para identificar tópicos de conversas sobre aspectos específicos de um produto. Nesse caso, analisamos a conversa sobre a TV LG OLED e separamos as menções baseadas nas suas principais características:

 

Diferença entre tags e categorias

 

Na Brandwatch, também os usamos para o nosso blog. Durante o Halloween, por exemplo, analisamos a conversa sobre se fantasiar e categorizamos os dados de acordo com as fantasias que as pessoas pretendiam usar para descobrir padrões interessantes:

 

Diferença entre tags e categorias

 

Qual a diferença entre Tags e Categorias?

 

Categorias e Tags são ambas ótimas maneiras de separar os dados em qualquer forma que desejar. Elas permitem segmentar seus dados pelo perfil do cliente, por emoção, pelo tipo de conversa – qualquer coisa que você deseje. Tecnicamente, criar uma Regra que aplique uma Tag ou uma Categoria fará o mesmo.

 

A diferença fundamental é que as Tags são melhor usadas quando você quer ser flexível com os dados, ou se quiser “tagear” algo no local rapidamente. Por exemplo, se você quiser rastrear rapidamente uma hashtag em crescimento, ou se desejar filtrar todos os seus dados por uma palavra-chave específica.

 

No entanto, ter muitas tags pode ser confuso e demorar mais para selecionar quando você estiver criando gráficos na Brandwatch. É aí que as categorias entram. Elas devem ser usadas quando você deseja categorizar muitos dados.

 

Por exemplo, se você quiser analisar as conversas em torno dos diferentes produtos da Ben & Jerry’s, você pode criar várias subcategorias para os diferentes sabores.

 

diferença entre tags e categorias

 

Um dos usos mais básicos de Categorias é rastrear e comparar marcas, tipos de produtos, tópicos e outros termos-chave dentro da sua Query. Se você quiser apenas olhar o buzz em torno de um sabor de sorvete da Ben & Jerry’s, deve ser mais rápido e mais fácil para você configurar apenas uma Tag.

 

Tags: Permitem segmentar os dados pelo perfil do cliente, por sentimento, pelo tipo de conversa ou qualquer coisa que quiser. Elas podem ser adicionadas automaticamente com Regras ou Ações em massa (Rules or Bulk Actions) e, após aplicadas, você pode usá-las para filtrar ou mapear seus dados.

 

Categorias: Fornecem uma maneira estruturada de segmentar seus dados. Elas são semelhantes às Tags, mas permitem que você agrupe atributos de dados relacionados com subcategorias. Elas podem ser adicionadas automaticamente com Regras ou Ações em massa e, uma vez aplicadas, você pode usá-las para filtrar ou mapear seus dados.

 

Como criar Tags e Categorias

 

Dentro da Brandwatch, você tem algumas maneiras para criar Tags e Categorias: dentro do componente Mention & Search no seu Dashboard, ou no menu Rules na seção Ferramentas, dentro da barra lateral.

 

diferença entre tags e categorias

 

Se quiser segmentar os dados de menções futuras, você terá que criar uma Regra, explicando à ferramenta a ação que precisa ser tomada. Depois de configurar uma Regra, suas menções futuras serão classificadas exatamente como você precisa.

 

Regras: as regras são uma ótima maneira de separar seus dados em qualquer formato que desejar, pois reduzem o trabalho manual e demorado. Elas permitem que você execute automaticamente ações em menções, tanto futuras, quanto retroativas, com base nas buscas e filtros que você define.

 

Entre na seção Regras da plataforma e siga estas sete etapas simples:

  1. Digite um termo de busca para procurar resultados específicos (da mesma forma que você escreveria uma Query);
  2. Selecione qual Query ou múltiplas Queries que você deseja que sua Regra seja aplicada;
  3. Adicione vários filtros para limitar os resultados. Isso é opcional;
  4. Teste sua pesquisa;
  5. Adicione uma tag ou uma categoria;
  6. Defina a estrutura para a sua Tag / Categorização.
  7. Salve

Agora você pode filtrar qualquer gráfico pelas suas Categorias ou Tags no seu Dashboard Brandwatch. Clique em aplicar, e voilá!

diferença entre tags e categorias

 

 

Gostamos de permitir a maior flexibilidade possível quando se trata de seus dados. Não há limites para suas Tags ou Categorias. Você pode configurar tantos compartimentos para categorizar seus dados, da maneira que desejar.

 

A maioria dos profissionais de marketing concorda que a arte de separar e classificar seus dados leva a melhores resultados. Criar uma mensagem para cada grupo-alvo, etiquetar e atribuir menções e dar sentido ao seu grande conjunto de dados é uma tarefa difícil.

 

Mas com a ajuda de nossas Tags & Categorias, a segmentação fica muito mais fácil.

 

 

Agora que você dominou as Tags e Categorias, confira outras postagens no nosso blog com muitas outras dicas úteis ou entre em contato com um de nossos especialistas se você quiser saber mais.

 

Autora: Iris Vermeren

 

 

Texto traduzido do post https://www.brandwatch.com/blog/faq-whats-the-difference-between-tags-and-categories/

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *