Mesmo os usuários mais casuais das redes sociais sabem do poder que essas ferramentas possuem em espalhar informação, ditar padrões de comportamento e afetar outras pessoas e marcas. É fato que o universo digital traz uma explosão de informações, e para uma empresa, é fundamental que fique à frente do que estão falando e o que está acontecendo com seu negócio – antes de seus concorrentes. Dois pontos importantes nesse universo de informações, opiniões e comportamentos, são as crises e as tendências.

 

Crises – efeitos e como sobreviver

É vital que o setor de mídias sociais e relações públicas de uma marca, assim como todos os envolvidos na administração dela, fiquem bem informados sobre potenciais problemas na imagem da empresa e em seus produtos. Isso porque, como pesquisas da revista PharmaExec demonstram, as duas primeiras horas de uma crise são as mais importantes para uma boa recuperação da empresa, especialmente no atual mundo dominado pelas redes sociais (“a era da informação”).

 

Antecipar-se às crises é manter a reputação da marca forte, independentemente do tamanho do problema. Grandes companhias sofreram recentemente com crises de imagem, fazendo com que os consumidores questionassem a reputação dessas marcas.

 

Tendências – informações valiosas

Tão importante quanto dedicar grande atenção a possíveis crises, é ficar atento em relação às tendências de mercado, pois são elas que ditam os comportamentos dos consumidores e lançam novas modas. Estar no controle dessa situação significa a possibilidade de ficar um passo à frente da concorrência e extrair a maior parte possível dos lucros – não somente no sentido financeiro da palavra – das pessoas interessadas.

 

Nos meios digitais, as tendências se manifestam em uma grande variedade de formas. São muitos os tipos de manifestações de opinião e gostos na internet, e é fundamental ter atenção a todo e qualquer tipo de indicador de tendências. Um dos mais famosos é a hashtag, que tem o poder de reforçar uma mensagem curta e pode revelar muito sobre os interesses dos usuários – o que procuram, como pensam, o que não gostam, etc.

 

Há, porém, maneiras mais sutis, que possuem igual valor para o dono de uma marca, mas são mais difíceis de serem identificadas. O rápido aumento da discussão de um certo assunto em uma certa região, por exemplo, pode significar uma oportunidade para o fortalecimento dos negócios naquela área. As curtidas e outras demonstrações de interesses em certas páginas e perfis também são capazes de revelar dados preciosos sobre potenciais clientes, apontando para uma tendência a ser seguida.

 

signals fireworks

O que é o Signals e como ele pode te ajudar

Agora você já sabe o quão importante é agir com rapidez e inteligência em tempos de crise e estar um passo à frente dos concorrentes na definição de estratégias baseadas em novas e poderosas tendências.

 

Também sabe, e esse é um fato que se mostra verdadeiro diariamente, que a era da informação traz uma disseminação extremamente rápida de informações, e isso pode ser o maior pesadelo de uma marca. Mas para quem sabe lidar com todos esses dados, será um grande diferencial no mercado e uma importante carta na manga que agradará os consumidores e manterá uma respeitável reputação para a empresa.

 

Signals é a ferramenta desenvolvida para filtrar e gerenciar tudo o que é dito sobre sua marca nas mídias sociais. Assim, é mais fácil se preocupar só naquilo que importa. É feita uma constante varredura nas redes sociais para que você fique sempre atento em relação às mudanças e às intenções dos consumidores, através do que eles postam, compartilham e fazem. As informações relevantes são compiladas e enviadas por e-mail, de forma direta e simplificada, para que as medidas sejam tomadas fácil e rapidamente.

Signals Ben & Jerry's

Seja para se proteger e gerenciar crises, ou para fazer turbinar o seu negócio tendo importantes informações acerca de tendências, o Signals é um grande aliado de equipes que trabalham com marcas, relações públicas e redes sociais.

 

Essa poderosa ferramenta é parte dos serviços oferecidos pela Brandwatch. Para ver como o Signals funciona na prática, marque uma demonstração com a gente.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *