Os conteúdos infantis estão sob a proteção de leis de privacidade, que, geralmente, restringem os anunciantes de fazer marketing diretamente para as crianças. Como as empresas e marcas de mídia digital voltadas ao público infantil vêm aumentando a audiência e provando seu valor.

Por muitos anos, as empresas e marcas de mídia digital voltadas ao público infantil focaram em apliar a audiência de seus canais no YouTube com o objetivo de crescer e obter receitas de publicidade para monetizar seu conteúdo.

Mas os tempos mudaram. No mundo inteiro, os conteúdos infantis estão sob a proteção de leis de privacidade, que, geralmente, restringem os anunciantes de fazer marketing diretamente para as crianças.

+++LEIA MAIS: Como aumentar seu Share of Voice com influenciadores

Agora, os criadores de conteúdo devem olhar além da receita publicitária para encontrar novas maneiras de aumentar sua audiência. Assim, poderão provar seu valor geral e licenciar, comercializar oum até, vender suas propriedades.

Neste relatório, a plataforma Tubular Labs, representada pela Polis Consulting no Brasil, detalhou como as principais empresas de entretenimento infantil vêm aumentando a audiência e provando seu valor.

Isso inclui:

  • Criação de conteúdos “white space”: você pode se destacar por meio de ofertas de conteúdo exclusivo em categorias emergentes.
  • Expandindo seu alcance global: quanto mais você localizar seu conteúdo, maior será a chance de aumentar o alcance.
    Encontrando audiências inexploradas: comparar as visualizações de mídia espontâneas pode te ajudar a encontrar pessoas que já estão falando sobre você e querem mais conteúdo próprio.

Saiba mais:

Desenvolva conteúdos white space

Quando se trata de aumentar a audiência e provar seu valor, ganhe destaque entre os concorrentes com a criação de conteúdos white space.

Por exemplo, alguns dos conteúdos mais assistidos de 2020, como Peppa Pig e Blippi, exploraram espaços inexplorados, como esportes e museus infantis. Em agosto, ambos os programas apresentaram uma média de visualização acima do previsto, mas tiveram menos uploads entre os criadores de conteúdo para crianças.

Essa estratégia funcionou para a empresa de entretenimento britânica Moonbug, que usou dados e bases para lançar novos programas infantis. Assim surgiu o Go Buster, que acabou sendo licenciado pela Netflix.

Lição: quando você quiser expandir seu alcance geral, procure oportunidades de crescimento em espaços que ainda não estão saturados e desenvolva conteúdos para essas áreas.

Programas infantis como Peppa Pig e Blippi encontraram oportunidades em conteúdos exclusivos

Invista em conteúdos localizados para expandir seu alcance global

A descentralização de conteúdos é um fator importante para alcançar novos públicos ao redor do mundo. Ao fazer isso, a empresa terá uma presença global muito maior.

Propriedades como Peppa Pig e Masha e o Urso, por exemplo, estão disponíveis em mais de 20 idiomas em todo o mundo. A expansão para outras regiões ajudou cada propriedade a gerar um aumento de aproximadamente 50% nas visualizações de seus respectivos canais no YouTube entre janeiro e julho de 2020.

O sucesso global de Masha e o Urso, particularmente, rendeu acordos de licenciamento e distribuição com gigantes da mídia nos Estados Unidos e Reino Unido, como Universal Kids, Netflix e Tiny Pop.

Lição: para conseguir acordos de licenciamento e menchandising, prove seu apelo global traduzindo o sucesso específico de seu país em esforços de conteúdo regional.

Encontre audiências que já estão falando sobre você

Por fim, descobrir a proporção de mídia própria e espontânea pode te ajudar não apenas a descobrir audiências inexplorados, mas também saber onde expandir globalmente.

Essa estratégia é particularmente útil para marcas que ainda não causaram impacto em certas regiões, mas vêem que o público dessas áreas já estão falando sobre eças por meio de conteúdos espontâneos e gerando visualizações significativas.

A Barbie da Mattel é um bom exemplo de análise de mídia própria e espontânea. Os canais da marca no YouTube dominam países como Estados Unidos, Rússia e Espanha.

No entanto, a porcentagem de visualizações relacionadas à Barbie na região da Ásia é significamente maior, o que significa que a marca tem uma oportunidade de aumentar sua mídia própria dentro dessas audiências.

Lição: em regiões onde o público já está comentando sobre você, principalmente de forma espontânea, abrace a oportunidade de aumentar sua presença de mídia própria e melhorar seu pitch de venda para parceiros em potencial.


A Barbie teve a chance de aumentar sua mídia própria nos principais mercados da Ásia, onde suas visualizações espontâneas são altas

Texto: Bree Brouwer, Tubular Labs.

A Polis Consulting é representante oficial da Tubular Labs no Brasil. Para mais informações sobre a plataforma de análise de vídeos, mande mensagem para info@polisconsulting.com.br.

Gostaram? Nos acompanhe também nas redes sociais:

@polisconsult no Twitter
@polis_consulting no Instagram
Polis Consulting no Facebook
Polis Consulting no LinkedIn

2 respostas

Trackbacks & Pingbacks

  1. […] +++LEIA MAIS: Como criadores de conteúdo infantil provam seu valor e conseguem acordos de licenciam… […]

  2. […] Os irmãos de cinco e sete anos fazem vlogs e avaliam brinquedos infantis.Fundado em 23 de abril de 2018, o canal soma mais de 51 milhões de inscritos e 30 bilhões de visualizações em 278 vídeos.+++LEIA MAIS: Como criadores de conteúdo infantil provam seu valor e conseguem acordos de licenciam… […]

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *